Eu não sei de onde mais tirar forças…

Dói tanto, em tantos níveis…

Anúncios
Categorias:Sem categoria

Trilha Sonora – 01

Pearl Jam, é sempre Pearl Jam.

é foda bagarai então toma essa porrada na zoreia.

 

Ninguem lê isso aqui mesmo….

Um Conto – O Olhar Através do Espelho

Já passava de meia noite, ela pensou:

– não posso mais.

quando abriu os olhos novamente não estava mais deitada em sua cama, seu quarto não estava mais sujo, não tinha mais o cheiro de antes. Ao seu lado não estava mais o homem de meia idade levemente careca que lhe pagara por uma hora de suas habilidades.

Agora ela estava descalça, podia sentir a grama tocando seus pés, a brisa lamber o seu rosto gentilmente com um cachorrinho que quer brincar. Ela estava em paz e já não pensava mais sobre o dinheiro que devia ou na vergonha do que fazia para se sutentar.

Essa sensação durou cerca de meia hora, no entanto para ela foi o equivalente a uma vida inteira. Cada vez era diferente, certa noite ela fora uma duquesa em algum país que se assemelhava à Inglaterra, se era mesmo a Inglaterra ela nunca teria certeza, pois havia ido embora como tatas outras vidas que vivera, no entanto essa fora uma de suas melhores viagens.

Dessa vez ela era uma camponesa em algum reino esquecido na idade média, se parecia com ela na vida real, porém era mais bem cuidada a vida não havia sido tão dura com ela, seus seios ainda eram firmes e atraiam a atenção de todos os homens do vilarejo, ela era cortejada por todos. Uns juravam amor eterno, outros prometiam riquezas, mas ela negava a todos. Seu verdadeiro amor morava floresta a dentro, ela não tinha certeza se era homem ou mulher, o vira algumas vezes enquanto se banhava na lagoa, ele, ou ela, apenas passava e fingia não a notar, mas andava como se desfilasse para ela ao longe. Ela sabia no momento em o(a) vira, seu coração seria dele(a)

Seu pai era um homem respeitado no vilarejo e decidira ela que deveria se casar, e que se ela não escolhesse logo um pretendente ele mesmo escolheria o que lhe fosse mais conveniente. O pensamento de não poder saber quem era o ser que habitava a floresta enchia seu coração de pesar, pois ele(a) era a unica pessoa que ela queria.

Quando atingiu os 17 anos de idade o pai preparou uma festa onde ele escolheria um rapaz para desposar sua filha. Em determinada hora foi notada a presença de um forasteiro que chamou a atenção de todo. As opiniões começaram a divergir quando muitos dos convidados se referiam a ela como a “adorável senhorita que chegou a pouco” e outros ainda o chamavam de “o simpatico rapaz que viera de outra cidade”. No entanto todos concordavam que sua presença era extremamente agradável e quanto eles o(a) queriam para si proprios.

A festa então mudara de tom, alguns rapazes já não se interessavam pela filha do homem, alguns animos começaram a se exaltar e armou-se a confusão. No meio da baderna o(a) estrangeiro(a) puxou a moça para longe da vista de todos e amou-a sob a vigilia das estrelas e a benção da lua.

Quando ela acordou no seu quartinho sujo e que cheirava a suor e culpa o homem levemente careca já tinha ido embora ela estava na cama nua e com o torniquete ainda amarrado ao braço. Ela sabia que precisava de mais uma dose, pois tinha

certeza que ele(a) estaria lá em sua próxima viagem, como ele(a) sempre estava. O que ela precisava fazer agora era conseguir mais heroína para encontrar seu amor mais uma vez ainda que não fosse naquele mundo, na verdade ela já não sabia mais se aquele mundo sujo onde ela vendia seu corpo por dinheiro não era apenas um pesadelo no meio de suas diferentes vidas alegres onde era sempre amada a desejada.

Do outro lado do espelho a outra irmã olhava paciente, sabia que a garota estava a um passo de sair do reino de seu irmão/irmã e adentrar seu proprio reino e ai ela seria sua propriedade. E do outro lado do espelho Desespero sorria.

 

 

divagações de blog, bed intruder song e SNL

Bom, levando em consideração que eu não escrevo aqui a quase quatro meses  não é de se espantar que ninguém lê essa merda. O interessante é que mantive uma média de visitas de metade do que eu tinha quando publicava alguma coisa. Estranho né? Isso é uma daquelas coisas que a internet te proporciona na vida. Acho que vou começar a tagear meus posts com as palavras tipo sex, porn, ass, enlarge your penis, assim não vou precisar escrever nada realmente relevante para ter visitas. Será que isso é tipo uma prostituição no mundo dos blogs? é que nem participar do BBB?

Sei lá, vou continuar escrevendo minhas besteiras de vez em quando e de repente alguém pode até gostar dessa porcaria toda.

Enfim isso tudo foi só pra evitar aquele discurso padrão de blogueiro de “foi mal galera, faz tempo que não escrevo, mas é que eu to na maior correria”. Foi mal é o caralho, se quiser comentários engraçadinhos sobre alguma coisa arranja um amigo bobo.

No mais eu só ia escrever  sobre um vídeo que um amigo me mandou, é sensacional, é uma reportagem sobre um cara que invadiu a casa de uma mulher e tentou estuprar ela. Tá, mas por que isso é engraçado? Da uma olhada ai em baixo, o irmão da mulher da um show a parte.

E como nada nesse mundo fica impune de uma zoação já vem a musica do acontecimento.

O engraçado é que o que eu mais ri foi da genialidade do cara no piano, me fez lembrar um quadro do Saturday Night Live o Barry Gibb Talk Show, pra quem não sabe Barry Gibb é aquele cara do Bee Gees que tem cabelo, barba e pelo no peito nas mesma proporções.(por algum motivo o SNL tira os vídeos deles do youtube então foi meio foda achar isso, mas da pra assistir.)

http://au.sevenload.com/shows/Saturday-Night-Live/episodes/IbUiQve-Barry-Gibb-Talk-Show-Saturday-Night-Live

Alias, Saturday Night Live é um programa interessante, sempre tem alguma coisa que me cago de rir, tipo o clássico Jizz in My pants

por último vou deixar o vídeo de um Curta do SNL “The Curse”. Esse ai me pegou desprevenido ri alucinadamente durante uns 5 minutos pensando nessa parada.

esse ai foi realmente foda de achar, só achei nesse servidor e com legendas em russo, mas vale a pena ver.

http://kiwi.kz/watch/n625qs1veqed

Enfim, divaguei pra cacete nesse post, se gostarem comentem ai que assim eu me animo de escrever mais. Se não gostarem vão pro caralho.

Categorias:Bobeiras

Um Clipe Bom

O mundo é a porra de um lugar estranho pra se viver, digo isso porque as vezes me surpreendo com algumas coisas.

Até ontem M.I.A, pra mim, era a porra de uma mulher maluca o suficiente pra achar que funk carioca é musica e enfiar isso em algum hit. Não sei se alguem acompanhou isso na época, mas aqui ela ganhou o status de Cult por isso (shame on you Brasil), a música em questão é essa ai embaixo:

Depois disso sei que ela fez mais alguns sucessinho aproveitando a onda rap/blak/hip-hop que assola a programação radiofônica mundial. Até ia colocar outro vídeo dela dessa pegada, mas desisti.

Agora, você, incauto leitor, pequena criança, se pergunta: Mas por que caralhos ele tá falando dessa merda toda?

A questão é que hoje estava eu passeando pela dita supervia da informação, quando de repente e não mais que de repente dou de cara com esse outro clipe da tal M.I.A, que, não só, achei foda para caraleos, como também apreciei a música.

O vídeo tem direção de Romain Gravas, filho do Costa-Gravas, e a música chama Born Free. Enjoy

Enfim, se quiser me xingar me xingue, se não ótimo.

Black Jack Rocks

Depois de uma semana corrida, um fim de semana mais corrido ainda, mas valeu a pena, pois afinal o Black Jack (pra quem não sabe, a minha banda) (pra quem não sabe, sim eu tenho uma banda) passou no famigerado concurso de bandas do Manifesto Rock bar, e sim nós tocaremos na fase semi-final no dia 02 de maio, um domingo a partir das 18 horas, estão todos convidados a aparecer e votar na gente, mas antes vamos tocar no Little Darling na quinta-feira dia 22 a partir das 22 horas.

Endereços e sites:

Manifesto Rock Bar

R. Iguatemi, 36 – itaim Bibi – São Paulo

http://www.manifestobar.com.br/

Little Darling

Av. Iraí, 229 – Moema – São Paulo

http://www.littledarling.com.br/

Enfim, apareçam porque por mais que a banda não seja boa somos pessoas legais de conversar e os lugares são bons e cheios de gente bonita.

Vão ai dois videos nossos, ambos no little darling

Ahh… e esse outro é do nosso guitarrista tentando fazer um video caseiro, vale a pena assistir e conhecer o astro ao vivo.

Enjoy

Evil Dead

Sabe o Sami Rami, o diretor de homem-aranha? Pois é pequena criança antes de se meter com o amigão da vizinhança Sami teve seus momentos de terror trash, e foi justamente com Evil Dead que o mundo o conheceu.

Se você não viu veja, é um filme muito bom com baixo orçamento e sangue voando.

Enfim tudo isso só pra ate mostrar esse videozinho maneiro que eu achei.

Vê ai e se não gostar o caralho te espera.